"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...

Ou toca, ou não toca." (Clarice Lispector)
"Eu me recuso a ser sócio de qualquer clube que me aceite como sócio." (Grouxo Marx)
"Repara bem no que não digo." (Leminski)
"Meu epitáfio será: Nunca foi um bom exemplo, mas era gente boa" (Rita Lee)

I am not but I am

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
essa metamorfose ambulante...

sábado, 10 de outubro de 2009

Tormenta.

Infância infame
Cortes drásticos e irreparáveis.
Cortes de medidas variadas
e profundezas também, se assim quiser
Cortes de pele, cabelo ou lembranças.


Silêncio dilatado
moral inalcansada,
sexo sem amor
amor sem sexo

Sentir, se iludir,
ductilidade constante
Relação aspirante.
O que nos resta ?
O nós vemos ?
Buscamos ?
Ver invertido, usar colorido
testar por impasse
Onde está o azul ?
No fundo opaco nada há,
nada se pode ver
nem o verde, ou o amarelo limão
e nem tua imolação

Só retorce,
cara à tapa
dá-me porradas
Espanca minhas palavras confusas,
meus pensamentos contraditórios.

Escrever para que a voz vocífera se cale dentro de mim,
fique muda
e não jorre,
Como lavas d'um vulcão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário