"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...

Ou toca, ou não toca." (Clarice Lispector)
"Eu me recuso a ser sócio de qualquer clube que me aceite como sócio." (Grouxo Marx)
"Repara bem no que não digo." (Leminski)
"Meu epitáfio será: Nunca foi um bom exemplo, mas era gente boa" (Rita Lee)

I am not but I am

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
essa metamorfose ambulante...

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Fecha-me

  Talvez se abrir não seja a melhor maneira de sermos conhecidos por alguém que gostamos. Sem dúvida isso deve assustar, principalmente quando confidênciamos algo tremendamente anormal - e exacerbando -. É, com toda a certeza, essa não é uma boa maneira de se "mostrar" verdadeiramente, talvez a melhor maneira, ou menos pior - WTF -, seja deixar as coisas acontecerem por si mesmas. Enfim.
  A intimidade é uma merda, uma afastadora, uma devastadora de sonhos nítidos e de possibilidades amáveis.

2 comentários:

  1. tudo é relativo, o problema não é falar as coisas, e sim o modo com que falamos!
    talvez vc tenha aberto demais! eu ri
    *só pra animar um pouquinho xD~~ *

    ResponderExcluir
  2. Cara, você não é podre, você é MUITO podre. Fato.
    Talvez sim, creio nisso, mas sei lá... É tudo relativo Q

    ResponderExcluir