"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...

Ou toca, ou não toca." (Clarice Lispector)
"Eu me recuso a ser sócio de qualquer clube que me aceite como sócio." (Grouxo Marx)
"Repara bem no que não digo." (Leminski)
"Meu epitáfio será: Nunca foi um bom exemplo, mas era gente boa" (Rita Lee)

I am not but I am

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
essa metamorfose ambulante...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Nisso tudo

Sabe? À medida que o vento ultrapassa a locomotiva do tempo, perde-se o imperdível e vislumbra-se o nada, o vazio, o vácuo tocável. Segundo consta na memória, há algo não consumado nisso tudo.

— Nisso tudo?

— Tudo?

— É, tudo o quê?

— Tudo, nada. Não importa.

— Nada? É universal?

— Não sei ainda, para mim é tudo igual...

— Me abraça.

— Te abraço.






De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
– Meu tempo é quando.
(Poética - Vinícius de Moraes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário