"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...

Ou toca, ou não toca." (Clarice Lispector)
"Eu me recuso a ser sócio de qualquer clube que me aceite como sócio." (Grouxo Marx)
"Repara bem no que não digo." (Leminski)
"Meu epitáfio será: Nunca foi um bom exemplo, mas era gente boa" (Rita Lee)

I am not but I am

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
essa metamorfose ambulante...

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Ponto de Equilíbrio

Ah, não. Por que é que tudo tem que ser tão perfeito, tão simétrico, tão fria e milimétrica e previamente calculado? Ah, não, ah, não. Por que tudo na vida tem que ser tão moralmente aceito, tão politicamente correto? Ah, não, que merda. Não consigo aceitar seguir esse roteiro de segunda, esse script vagabundo. Assim não dá pra viver, isso não é vida. Não estou nem aí para a normatividade, para moralidades. Pra que seguir o fluxo da correnteza? O que eu ganho com isso? Satisfação própria é que não é. De que vale fazer tudo o que eu deveria fazer do jeito que supõe-se que deveria ser ou melhor fazer tudo o que os outros deveriam fazer do jeito que todo mundo acha que deveria ser feito porque assim sempre foi feito porque é a regra porque todo mundo acha que tem que ser igual a todo mundo porque todo mundo tem que fazer as coisas do mesmo jeito ao mesmo tempo no tempo certo o tempo todo tudo corretamente sem erro algum porque falhar é feio porque não pode arriscar porque se foder é uma merda porque o tempo passa e voa e rodopia e devora porque a vida passa e finda e no forno o frango assa porq... Porque são todos uns palermas. Todos não passam de um bando de "zé-ruela".
E se eu não quiser viver essa vida? E se isso não for o que eu quero pra mim? E se eu não souber se é certo ou errado? E se o brilho da juventude for embora com o vento que traz a meia idade e esse "não quero essa vida pra mim" não bastar e for embora junto e eu me arrepender de tudo? E se eu for desses anjos tortos que vivem na sombra? Que que tem ser gauche na vida!? Quem disse que eu tenho que ser infeliz por não querer o que todo mundo quer exatamente do mesmo jeito ao mesmo tempo o tempo todo todo dia a qualquer hora em qualquer lugar a todo instante repetidas e repetidas vezes para todo o sempre em todos os sentidos e direções no pretérito presente e futuro em todas as encarnações de novo e de novo e de novo dando voltas infinitas atemporais porque é assim que tem que ser? Por que eu tenho que pensar que minha vida vai ser ruim se eu não for rica se eu não morar numa mansão do tamanho da Baía de Guanabara se eu não for heterossexual se eu não for alta loira branca e magra e linda do jeito que "todo mundo gosta" se eu não tiver o carro do ano a roupa do ano o cão de pedigree do ano o sapato do ano o look do ano o corte de cabelo também tem que ser o do ano porque senão tá tudo errado fora de contexto? Por que essa sina em fazer tudo por método de produção em massa todos tão iguais?
Igualdade, eu só quero nos direitos! O filme não deveria ser "Quem Quer Ser um Milionário", mas "Quem Quer Ser um Clone".
É lógico que passar perrengue é um cu preto e sem pregas claro que um erro pode acarretar num milhão de coisas horríveis que podem suceder em outras e mais outras e a vida é uma só claro que posso me arrepender claro que posso comer o pão escarrado e cuspido por uma modelete que tem o cabelo look carro etc etc do ano e voltar ao ponto de partida claro que isso seria um pé nos testículos fígado boca tudo admito que um dia mais tarde há a possibilidade de muitos arrependimentos mas vai dizer que é melhor se arrepender por ter feito algo ou pela dúvida de como teria sido se tivesse feito? Olha lá, calibra essa hipocrisia que "papai do céu" está de olho!
Quem disse que eu não posso muito bem me formar na faculdade e fazer até mestrado doutorado a porra toda do caralho a quatro e cagar para o sistema limpar a bunda lindamente nele pegar os diplomas e ir ser feliz vendendo miçanga em praia ser hippie mochileira viajar como der por aí a pé de bicicleta carona balão jangada foda-se não quero saber posso viver feliz ao léu se assim eu sentir que de alguma forma estou no meu lugar do meu jeito no meu tempo que não são os mesmos que os dos outros.
Precipitada eu? A vida é que se precipita para cima de todos nós como se fosse o coice de uma mula desvairada.




"Don't worry about a thing,
'Cause every little thing
Gonna be all right

Saying , don't worry about a thing
'Cause every little thing
Gonna be all right

Rise up this morning
Smile with the rising sun
Three little birds
It's by my doorstep
Singing sweet songs
Of melodies pure and true
Sayin',"This is my message to you""
(Bob Marley - Three Little Birds)

Nenhum comentário:

Postar um comentário