"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...

Ou toca, ou não toca." (Clarice Lispector)
"Eu me recuso a ser sócio de qualquer clube que me aceite como sócio." (Grouxo Marx)
"Repara bem no que não digo." (Leminski)
"Meu epitáfio será: Nunca foi um bom exemplo, mas era gente boa" (Rita Lee)

I am not but I am

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
essa metamorfose ambulante...

domingo, 27 de setembro de 2009

Presente do Pretérito I

Não é possível crer
é fantástico, é supremo.
E enlouquecedor.
Todos os dias a vejo passar
Todos os dias sinto o tremor nos joelhos, os lábios secos
sinto os olhos arderem, os órgãos revirarem

Todos os dias sinto receio
tristeza profunda e amarga
Tudo culpa minha.

Nada posso falar,
não consigo.
Medo.

Em abril,
tudo tinha cor
e vida,
Era confuso,
mas alegre.

Três semanas,
inesquecíveis.

Depois ficou tudo negro.
Entrei com tudo
num breu sem fundo

Nada tem cor,
é tudo preto,
sem vida.

Falta de ar, tontura
sinto falta,
sua falta.
Quero de volta sua formosura.
Um buraco imenso, cheio de absolutamente nada.
Vazio,
tudo o que me restou (...)

Sem ti não tem graça,
não tem cor, nem perfume
não existe meu eu.
Sem ti, perco o chão,
o sorriso e a razão.

Te amo tanto que dói,
te amo tanto que suporto, sim,
vê-la com outra pessoa (...)

Mata-me aos poucos, lentamente...
Arsênico, dê-me um gole.

Diga-me como,
eu faço.
Para você meus melhores abraços.

2 comentários:

  1. Tá na hora de criar coragem! largar o medo e dizer tudo cara a cara, olho no olho!
    adoro os seus post's! tá que algumas vzs não concordei com algumas coisas [/ pra quem eram direcionados e bah] mas assumo, você escreve bem pedaço de gente!
    Juízo e coragem meu bem! ;*

    ResponderExcluir
  2. Para quem eram direcionados ? Com relação a quem ?

    ResponderExcluir