"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...

Ou toca, ou não toca." (Clarice Lispector)
"Eu me recuso a ser sócio de qualquer clube que me aceite como sócio." (Grouxo Marx)
"Repara bem no que não digo." (Leminski)
"Meu epitáfio será: Nunca foi um bom exemplo, mas era gente boa" (Rita Lee)

I am not but I am

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
essa metamorfose ambulante...

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Fica comigo...

Não saberei como teria sido, só poderei degustar de meus pensamentos que vão até lá, que me dão um pouco do que não tenho. Talvez pensem que seja uma ação inglória, infrutífera e até venenosa, mas não importa. Sem ela nada importa... Talvez quando ela voltar eu já esteja n'outro lugar, talvez eu já esteja divagando por outros becos, sem vida e sem fome d'ela e eu.
Daí que quando tornarmos a trocar palavras, não direi nada infame, mas também não prometo balbuciar sílabas com indícios de Amor e nem gestos carinhosos. Também não prometo não surtar na presença dela, querendo-a ou não de volta. Não prometo nada ao nocivo roçar de peles ao acaso...
Não prometo nada a quem me fere.
Prometo a mim não prometer nada a ela. Prometo a mim não fantasiar falsas conversas voluptuosas.


Prometo a mim que... Não me prometo nada. Na hora é tudo incerto, lascivo e capcioso... É na hora, que as coisas acontecem, que as palavras se desprendem das bocas e deslizam para a brevidade do momento.

Fica comigo ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário