"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...

Ou toca, ou não toca." (Clarice Lispector)
"Eu me recuso a ser sócio de qualquer clube que me aceite como sócio." (Grouxo Marx)
"Repara bem no que não digo." (Leminski)
"Meu epitáfio será: Nunca foi um bom exemplo, mas era gente boa" (Rita Lee)

I am not but I am

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
essa metamorfose ambulante...

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Está lá

Ela está lá
longe ou não
Ela está...
Distante

Lá está ela,
naquela cidade maravilhosa
com tudo o que é dela

E eu estou aqui...
com nada que seja meu
eu não tenho nada, eu não tenho nada

Eu estou aqui,
sem ti e sem meu eu.

Elvis não morreu
mas e eu ?

5 comentários:

  1. Gosto de como escreve.
    E da forma como usa as palavras.

    Lud

    ResponderExcluir
  2. Sara: Enigmático? Acredito que não... Pelo menos não este e pelo menos não para mim... Ao meu ver ele está... Sucinto (?) e bem claro.


    Lud: Mas guria... Assim... Se você estiver falando no sentido geral eu até acredito AHAHAH mas esse poema saiu tão curto, tão simples... Assim como para quem eu o dirigi (?). Quase não tem jogo de palavras, eu até arriscaria dizer que não há nenhum.

    ResponderExcluir
  3. Hum, ainda estou impressionada com o outro. Realmente gostei.
    Esse realmente está curto e simples.
    Mas o outro, ai, gostei mesmo mesmo.
    E é sempre bom reforçar o quão boa uma pessoa é na atividade que realiza.
    (:

    Lud

    ResponderExcluir
  4. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
    Pode ser... Já que você gostou taaaanto... E por tão pouco, vou te aconselhar a dar uma olhada neste blog "http://misantropia-poetica.blogspot.com/", é de uma amiga minha e puta merda, ela escreve... Ah, tenho nem palavras... É um orgasmo tudo o que ela escreve. AHAHAHAHAH

    ResponderExcluir