"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...

Ou toca, ou não toca." (Clarice Lispector)
"Eu me recuso a ser sócio de qualquer clube que me aceite como sócio." (Grouxo Marx)
"Repara bem no que não digo." (Leminski)
"Meu epitáfio será: Nunca foi um bom exemplo, mas era gente boa" (Rita Lee)

I am not but I am

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
essa metamorfose ambulante...

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Responda

Como seria se nossas vidas não fossem estas? Como seria se as mãos que me tocam fossem as suas? Como seria se nosso planeta de origem não fosse este, como seria se ele fosse qualquer outro? Imagine, invente um.
E se nada do que vemos for a verdadeira realidade? E se eu te dissesse que é só imaginar, que assim pode-se criar mundos e vidas ilimitados, que assim pode-se ir aonde quiser sem mover-se? Se eu te dissesse que da mesma maneira é possível transformar vinho em água salgada e qualquer vida amarga em fábrica de guloseimas?
O que você pensaria caso eu te dissesse que tudo isso que vivemos é mentira e que os corpos celestes são outros? Você acreditaria nas minhas palavras, nada mais que palavras, sinceras palavras de uma verdadeira mentirosa? O que você pensaria caso eu te dissesse que vida é ouro e ações são prata?


Nenhum comentário:

Postar um comentário